Paulo Pereira, da Ordem dos Economistas, defende que é importante combate os empresários favoritos. Aqueles que "têm sucesso " por estarem ligados a certos grupos.

Nas Jornadas Madeira 2019, Paulo Pereira defendeu ainda o Estado, o Governo e as Câmaras devem minimizar a sua interferência nas decisões económicas geradas nos mercados eficientes. "Não deve o Estado, o Governo ou uma Autarquia entrar em áreas de competição", defendeu na sua intervenção.

 

JM 17_07_2019